sábado, 17 de setembro de 2011

Um homem segundo o coração de Deus.Parte 1


Ola pessoal depois de ter postado algumas mensagens e reflexões bíblicas iniciarei agora um projeto aqui no blog de falarmos sobre personagens bíblicos, suas histórias e principalmente suas experiências com Deus, bem como o trabalhar de Deus na vida deles e para começar escolhi um que é um dos mais conhecidos de nossas bíblias, seu nome Davi.
Um homem com uma história fascinante, mas sua história só é assim tão fascinante por causa de sua experiência com Deus e de uma vida sempre atenta ao que Deus falava ainda que algumas vezes ele tenha se desviado dos caminhos do Senhor, mas sempre tinha Deus como seu salvador, ele sabia em quem ele estava crendo.
Portanto eu te faço este convite agora venha conhecer conosco a história deste homem que andou com Deus.
Os textos que usaremos como base vão de 1Sm:16- 2Sm:24

Um homem segundo o coração de Deus.Parte 1

O inicio, de pastor de ovelhas a guerreiro.

Nada sabemos sobra a infância de Davi, apenas que ele era o mais moço de uma casa de oito filhos, ele era filho de Jessé o belemita(ou efraimita em algumas traduções que é a mesma coisa pois Efrata é Belém).
Sua história começa a ser contada quando o rei atual de Israel, Saul que havia sido ungido por causa de o povo ter dito ao profeta Samuel que gostaria de ser igual aos outros povos e queria ter um rei, e então este rei fora ungido e era Saul, no inicio de seu reinado ate conseguiu algum êxito, mas por causa de sua falta de obediência a Deus acabou sendo rejeitado por Deus como rei do seu povo escolhido.
Quando isso ocorreu Deus diz ao profeta Samuel, olha te enviarei a casa de Jessé o belemita para entre os filhos dele você ungir um novo rei para mim, pois para ser rei era necessário receber o óleo da unção sobre a cabeça.
Então Samuel vai e chega a casa de Jessé, ainda sem saber qual dos filhos de Jessé seria o escolhido de Deus.
Davi não estava em casa, ele estava no pasto pastoreando as ovelhas de seu pai, todos participando da recepção ao profeta Samuel e ele lá cuidando das ovelhas, inclusive alguns estudiosos da bíblia afirmam que ele cuidava de ovelhas malhadas, qualidade de pouco valor comercial, enquanto os  filhos mais velhos cuidavam das realmente valiosas ele ficava com os restos com aquelas que ninguém queria.
E ai eu te pergunto, numa situação dessas cuidando do resto, das enjeitadas, como a maioria de nós agiríamos, provavelmente as tratando com desdem, não se importando com o que poderia acontecer com elas, bom isso se tratando de nós, mas aqui estamos falando de Davi.
Ele não agia assim com elas e podemos perceber isso la na frente numa conversa dele com o ainda rei Saul, dizendo assim, quando eu estava la sozinho cuidando das ovelhas de meu pai veio um urso roubar uma ovelha eu fui la e a tirei da boca do urso, o feri e o matei, mesma coisa quando surgiu um leão eu a tirei das garras dele o feri e o matei.
E tudo isso ele fez sem que ninguém soubesse, não o fez na frente de ninguém somente para receber aplausos.
E então quando o profeta Samuel começa pedir para os irmãos de Davi irem passando a sua frente e um a um vão passando, todos guerreiros já experimentados, e em uma época de guerra ter um guerreiro forte e experiente era muito importante, mas como podemos ler no texto do capitulo 16 de 1Samuel Deus não escolhe como o homem escolhe, qualquer um de nós que ali estivesse com certeza iria escolher pela capacidade exterior que pensávamos que aqueles guerreiros possuíam
E quando acaba de passar os sete que estavam ali presentes eis a surpresa Deus diz ao profeta Samuel não é nenhum destes.
E depois da pergunta acabaram-se os seus filhos? Jessé diz assim meio como quem pensa ele é só um jovem, mas responde, tem um que esta no campo, então o profeta manda chamá-lo e quando este chega Deus diz é este, unge-o.
Então Davi é ungido rei de Israel pelo profeta Samuel, só tinha um problema, Saul ainda era vivo, apesar de ele ser um rebelde e Deus nos dizer que rebeldia é pior que pecado de que feitiçaria, ele ainda governava, se bem que já sem a direção de Deus e por isso vivia atormentado. E este tormento foi o que aproximou Davi de Saul, pois Davi além de pastor de ovelhas também era tocador de harpas, olha só como Deus vê algo que nunca conseguimos ver, ele escolheu um tocador de harpas ao invés de um grande guerreiro, o porque saberemos mais adiante.
Por ser tocador de harpa ele é levado para o palácio, e quando ele tocava sua harpa o espirito de tormento se afastava de Saul e por causa disso ele ganha a confiança de Saul, e se tornou seu segurança particular, seu escudeiro.
Entre Davi e Saul tem mais uma diferença que não mencionei, Davi o escolhido de Deus para reinar sobre o seu povo era um tocador de harpas, ou seja um adorador do Senhor, uma pessoa que vivia compondo para louvar ao Senhor, já Saul era um pastor de jumentos, seu pai criava jumentos e ele cuidava dos animais do pai.
Quem um dia já tentou dominar um jumento sabe como são teimosos e turrões este animais, e Saul trabalhou tanto com eles que tinha um temperamento assim também, era extremamente turrão, e teimoso.
Olha a diferença, o escolhido de Deus era um adorador enquanto as escolha da nação era um criador de jumentos, e ainda tem gente que tem a coragem de dizer que a voz do povo é a voz de Deus, quero ver onde isso escrito na bíblia.
E a situação continua. Davi já ungido rei, continua sua vida pois Saul ainda vive. E aconteceu que nestas idas e vindas de Davi para casa e para o palácio, durante o tempo que ele estava com seu pai, os filisteu declararam guerra a Israel, e então foram e se acamparam um de fronte ao outro como o costume da época, e então acontece algo que o rei Saul provavelmente não esperava, la do meio do arraial dos filisteus sai um homem gigante de quase três metros de altura que desafia a Israel mandar um guerreiro que lutasse com ele, e assim aquele que vencesse a batalha seria o ganhador da guerra e se poupariam muitas vidas, pois naquela época era na espada mesmo, não tinham armas automáticas
Só tinha um problema, em Israel não tinha um guerreiro se quer que tivesse coragem para enfrentar o gigante estavam todos tremendo de medo, e assim ficaram ali quarenta dias acampados um de fronte para o outro e todo dia o guerreiro chamado Golias vinha e desafiava a enviarem alguém para lutar com ele, mas tudo em vão.
Então Davi enviado por seu pai para levar mantimentos a seus irmãos, chega e toma partido da situação ele descobre tudo o que o rei havia prometido e se dispõe a lutar, não porque ele se achasse melhor que ninguém, mas porque ele sabia que sua vitória vinha de Deus, pois ele era um adorador e tinha comunhão com Deus, algo que ali naquele arraial faltava.
Mesmo enfrentando forte resistência dos irmãos ele se apresenta ao rei e diz que quer lutar com o gigante porque ele esta inconformado de ver aquele estrangeiro zombar do seu Deus e ninguém fazer nada, pois cada vez que Golias vinha a frente ele zombava do povo e do seu Deus.
Então o rei Saul já que esta acovardado pelo medo resolve dar sua espada e armaduras para Davi ir lutar com o gigante, mas isso não funciona, porque com ela Davi mal consegue andar, aprenda uma coisa nunca devemos ir para a luta confiando nas armas dos outros, devemos confiar nas nossas.
Ele joga tudo pro lado e resolve usar as suas, pois quando ele enfrentou o urso e o leão ele não estava armado.
Saindo, ele enfia a mão na sua aljava  e escolhe algumas pedras, note que ele não pegou qualquer uma ele escolheu, portanto pare de pensar que você pode vencer seu inimigo com qualquer arma, o gigante quando viu aquilo zombou dele, mas ele disse ao filisteu, você vem a mim com espada e com lança eu porém vou a ti em nome do Deus vivo, então passou a mão na sua funda, colocou a pedra, girou e lançou bem no meio da testa do gigante que foi ao chão imediatamente.
E ai eu te pergunto foi ele o foi Deus que deu a vitória?
 Aqui terminamos a primeira parte sobre Davi um homem, segundo o coração de Deus. Antes de concluirmos recordemos seus exemplos para nossas vidas.

-        Mesmo cuidando de ovelhas de menor valor ele estava disposto a dar sua vida por elas, pois enfrentou um urso e um leão para resgatar suas ovelhas.
-        Ele era um adorador, um tocador de harpas que sabia louvar o Senhor.
-        Mesmo já tendo sido ungido rei no lugar de Saul, ele era fiel a ele.
-        Quando o inimigo surgiu zombando dele e do seu Deus ele não se acovardou, ele partiu para o ataque com as armas que o Senhor lhe ensinou a usar.


o dessas cuidando do resto, das injeitadas pelos ounente valiosas ele ficava com os restos com aquelas que ningue queria ter um
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...