terça-feira, 20 de setembro de 2011

Como posso dar o que não possuo?

Como posso dar o que não possuo?

Este tema parece muito obvio, mas na nossa vida diária não é assim tão simples resolver esta questão.
Todos os instantes temos pessoas querendo algo de nós, muitas vezes ajudar é um prazer, mas acontece que algumas vezes não possuímos aquilo solicitado para ajudar.
Nessas horas aparecem situações constrangedoras, o solicitante não consegue compreender que não conseguimos contribuir naquela situação e acaba por ficar magoado.
Muitas vezes somos nós mesmos que não conseguimos perceber que não possuímos determinada habilidade, ou determinado item para ajudar quem necessita, muitas vezes nos penalizamos por causa dessa situação.
Como em todas as situações de nossas vidas a bíblia que é nosso manual de vida tem muitas coisas a nos ensinar sobre isso também.
Quando Deus disse a Moisés ali no deserto que o povo deveria trazer pertences para a construção do tabernáculo ele não exigiu quantidades por pessoas ou mesmo um tipo de produto de determinada pessoa, vejamos:
(Êxodo 25:2) - Fala aos filhos de Israel, que me tragam uma oferta alçada; de todo o homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a minha oferta alçada.(AA)
Note que a oferta era voluntária, não uma obrigatoriedade, a pessoa tinha que sentir no coração de dar, não poderia nunca ser uma imposição, uma grande lição para nós, pois as vezes só porque ajudamos em determinadas situações ficamos pensando que todos são obrigado a doar também, mesmo sem sabermos se a pessoa esta em condições de doar algo, e olha que a situação atual era para a construção do tabernáculo do Senhor.
Quando falo essas coisas muita gente pode ficar pensando que estou falando apenas da parte financeira, ledo engano quem pensa assim, se refere também a parte financeira, mas isso tem a ver principalmente com nossa vida sentimental, em nossos relacionamentos em todas as esferas, família, amigos, trabalho e principalmente entre marido e mulher.

Quanto ao âmbito marido e mulher.

Quantos casais que vemos brigando por ai, se agredindo e infelizmente muitas vezes se separando, e tudo porque? Simplesmente porque um fica esperando que o outro lhe de algo que ele não possui, e como isso nunca acontece, a pessoa vai ficando frustrada, chateada e ai começa maltratar o cônjuge.
Como nossas vidas com nossos cônjuges seria diferente se tivéssemos a disposição para compreender que somos pessoas diferentes, com qualidades e defeitos também diferentes, com gostos muito diversos.
E quanto a vida conjugal o principal, nem sempre nossa prioridade é nossa vida a dois, mas sim a expressão, olha na minha vida mando eu. Chegou a este ponto pode ter certeza o sinal amarelo esta acesso piscando, tome cuidado, se o que deseja é manter seu casamento, ta na hora de procurar uma mudança, mas ai eu te pergunto, alguém pode mudar por si mesmo, chegar assim e dizer de hoje em diante serei diferente, acho difícil isso ocorrer, creio que isso pode ocorrer se a pessoa estiver com Jesus a frente, pois ai ela vai dando espaço e ele vai moldando o seu coração, agora sozinho por conta própria é difícil mudar realmente, pode até melhorar durante um tempo, mas logo volta aos velhos erros, quer entender como funciona tente dar banho em um porco, aguarde um tempo e veja o  que acontece, ele vai mergulhar com tudo no lamaçal novamente.
Se você esta vivendo uma situação parecida abra seu olho, pois o inimigo esta te enveredando com suas falsa promessas.

Quanto ao âmbito família.

Essa uma área complementar a anterior e que sempre estão intrinsecamente ligadas, uma afeta a outra diariamente.
Também nessa área muitas vezes esperamos que as pessoas sejam o que elas não são, o filho espera que o pai seja extremamente carinhoso com ele , como isso não acontece ele vai ficando distante e rebelde, pelo outro lado o pai como teve uma criação severa, extremamente rígida espera que o filho se dirija a ele com o mesmo respeito que ele se dirigia a seu pai, mas isso também não acontece.
Resultado dessa situação vão se tornando estranhos e já não se entendem, o inimigo consegue colocar no coração dos dois que um é inimigo do outro.
Essa é uma situação muito delicada, pois um não consegue compreender que um não possui o que o outro deseja e por isso pensam que se odeiam.
Se o pai conseguisse perceber que o filho quer um pai carinhoso, que lhe abrace, lhe dedique tempo e não apenas aquele clima em que o pai criado onde para um homem demonstrar um ato de carinho com o próprio filho era interpretado como uma fraqueza do pai.
Por outro lado o filho precisaria compreender que o pai o ama muitíssimo, mas que a sua forma de demonstrar isso não é lhe dando abraços mas provendo tudo o que ele precisa para ser um adulto digno e honesto.
O melhor seria o meio do caminho, cada um ceder um pouco de sua posição original, aqueles que conseguem este equilíbrio, conseguem ter uma relação tremendamente sadia e feliz, um se torna muito cúmplice do outro.

Quanto ao âmbito do trabalho e das amizades.

Quantas vezes em nossos círculos de amizades ou em nosso trabalho vivemos comentando que gostaríamos que determinada pessoa fosse diferente, mas e se os outros também pensarem isso sobre nós como será?
Normalmente na amizades sempre estamos mais dispostos a aceitar as diferenças dos outros mesmo que sempre vivamos reclamando pelas costas.
No trabalho é que a situação fica bem mais complicada, pois nessa área sempre estamos pouco dispostos a tolerar pessoas que pensam diferente, pessoas que vivem nos confrontando, e cada vez que isso acontece o clima fica tenso.
Tudo poderia ser diferente se compreendêssemos que cada um tem suas qualidades e defeitos.
Para mudar essa situação precisamos estar firmados na palavra de Deus, porque só ele é quem pode nos moldar.

Como agir então?

Talvez você esteja ai pensando que isso não tem nada a ver com nosso assunto inicial, mas posso te garantir que tudo esta ,muito relacionado, pois todos os exemplos que dei tem a ver com esperarmos determinada atitude de alguém,  e este alguém como é muito diferente de nós nem sempre esta disposto a nos conceder algo.
Não podemos ir nos apressando e pensando que ele não ta nem ai para nós, simplesmente ele vê a vida de uma outra forma, e o que para nós e imprescindível para a outra pessoa muitas vezes não tem a menor relevância.
Essas situações causam verdadeiras guerras, e ao final sempre sobra um monte de pessoas feridas e magoadas.
Portanto é necessário que aprendamos que só podemos dar aquilo que possuímos e nunca aquilo que não temos.
Quanta gente sofre por causa disso, porque vive diuturnamente preocupada em dar o que não tem, ou mesmo ganhar o que o outro não pode dar, não porque não queira, mas porque ela não possui aquilo.

Por não poder dar o que me é pedido, o que fazer? Devo me omitir?

Essa talvez a atitude mais tentadora a tomarmos, já não tenho tal coisa para dar, não vou nem me preocupar com situação.
Essa talvez a situação mais egoísta que podemos tomar, usar nossa incapacidade , momentânea para se ausentar, usar isso como álibi para nos escondermos.
Na bíblia tem um exemplo muito serio sobre um fato destes.
(Atos 3:6) -  E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.(AA)

Este texto narra a chegada de Pedro e João ao templo e ali encontram um deficiente desde o ventre de sua mãe, que quando lhes vê pede esmola, pois ele estava acostumado a ficar ali pedindo, mas este dia foi diferente, ele abordou um homem que não tinha dinheiro, e pedro mesmo não tendo dinheiro consigo, olha para ele e resolve dar-lhe daquilo que ele mais estava cheio, a glória e o poder de Deus, ele era um homem cheio do poder de Deus.
Então ele diz para o homem levante-te e anda.
Aqui podemos aprender com o apostolo que sempre podemos fazer alguma coisa por aqueles que necessitam, portanto se acovardar dizendo simplesmente que não podemos ajudar não passa de uma atitude egoísta para não ajudar.
Se formos templo do espírito Santo sempre teremos o que oferecer aos que precisarem.
Mas isso podemos fazer não com lado humano, mas com o espírito Santo que habita em nossas e produz muitos bons frutos em nossas vidas.

Não se esqueça do que falamos neste texto.
Você só pode dar aquilo que você tem, da mesma forma as pessoas que te rodeiam também só podem dar aquilo que lãs tem, ninguém da de onde não tem, como tirar de onde não existe, só podemos tirar água de uma jarra se houver água ali, se ela estiver vazia por mais que nos esforcemos não tiraremos nada, só ficaremos despontados.
Apesar de acharmos que a culpa é da outra pessoa, ela é nossa, porque nós que gostaríamos que houvesse água ali porque estamos com sede, mas isso era nós que esperávamos.
Use estes conselhos e verdade em todos os âmbitos da sua vida e pode ter certeza terá uma vida abençoada.
Siga os exemplos dos homens de Deus que bíblia nos relata.
Ate breve, fiquem na PAZ DO SENHOR.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...