sábado, 14 de janeiro de 2012

O quanto uma oferta de amor pode multiplicar na vida do ofertante?



Uma oferta pode se multiplicar muito?

Este é um tema muito em voga atualmente, pois vemos atitudes dos mais variados tipos possíveis e imagináveis para falar sobre isso. Infelizmente vemos muitos excessos, da parte de lideres que abusam de seus liderados distorcendo as situações.
Outro aspecto muito discutido hoje em dia é o fato de toda vez que falamos em oferta logo já vem à mente das pessoas, dinheiro, e realmente a oferta pode ser em dinheiro vemos vários casos assim na bíblia em que as ofertas eram em ouro e outros metais preciosos que eram o dinheiro daquela época.
Acontece que isso não é nem nunca foi uma regra temos algumas situações que são diferentes e que demonstram claramente a fé da pessoa no Deus todo poderoso e a fidelidade de Deus diante de um gesto de amor ou gratidão da pessoa.

Um exemplo bíblico.

Uma situação que sempre me chamou muita a atenção na bíblia é a história de Ana.
No inicio do  primeiro livro de Samuel a palavra nos diz que existia um homem chamado Elcana que tinha duas mulheres Ana e Penina, enquanto Penina tinha filhos, Ana não os tinha.
Na sociedade judaica daquele tempo a principal função de uma mulher era dar herdeiros a seu marido, quando isso não ocorria ela era desprezada aos olhos de todos, vemos isso em vários locais na bíblia, inclusive com Sarai mulher de Abrão acontecia isso antes de lhe nascer Isaque.
Por causa da situação de Ana a outra esposa de seu marido a humilhava, a desprezava a cada instante.
Acontece também que Ana era a esposa que Elcana amava, com certeza aquela que ele casou porque gostava dela, e quando eles iam sacrificar ao Senhor todos os anos como determinava a lei ele sempre dava uma porção maior a ela, mas mesmo assim nada acontecia.
Isso nos ensina uma lição que poucas pessoas estão dispostas a aprender atualmente, que é a seguinte, podemos ser fiéis a Deus e estarmos constantemente em sua presença, sem alcançar aquilo que temos buscado há muito tempo, pois Deus é soberano e ele concede quando ele quer e a quem ele deseja.
Antes que alguém pense que estamos falando de um Deus egoísta gostaria de salientar que ele age assim porque conhece o coração de cada um de nós, e nos concede aquilo que precisamos, o problema é que nem sempre o que precisamos é aquilo que desejamos, mas falaremos disso outro dia, voltemos a Ana.

Então ela se cansa de toda aquela situação e se joga aos pés do Senhor de coração aberto, ela se derrama literalmente aos pés do Pai, e ali de joelhos orando ao Senhor com toda sua fé, suas lágrimas rolando por seu rosto, aquela situação sem se preocupar com o que ocorria ao seu redor, ela somente sentia presença de Deus e nada mais.

Um voto de fé.

Então ela faz um voto de fé com o Senhor, ela diz ao Senhor que se ele a livrar deste ultraje lhe dando um filho ela o consagraria a ele, para que seu filho ficasse constantemente na casa do Senhor, ela que não tinha filho algum decide abrir mão de um filho que lhe nascesse pelos olhos humanos não é uma atitude das mais fáceis de se compreender, mas se tem algo que o Senhor tem me ensinado é que não podemos julgar um ato de fé.
Ela ficou ali tanto tempo que chamou a atenção do sacerdote aquela situação.
Tanto que o sacerdote a teve por embriagada, e foi ter com ela, quando ele chamou a atenção dela, ela explica sua situação e o porquê de estar daquele jeito, ela contou a ele seu ultraje.

O cumprimento da promessa de Deus.

Então o tempo passou e Ana conseguiu o filho que tanto tinha orado por ele, aquele enviado por Deus por causa de seu voto de Fé.
Ela não mediu esforços, e agora todo anos ia feliz consagrar anualmente ao Senhor até que ele atingiu uma idade por volta de 10 anos e foi deixado integralmente no templo sob os cuidados do sacerdote Eli o mesmo que havia repreendido Ana por imaginar que ela estivesse embriagada.

A atitude de quem doa com amor e as suas recompensas.

Não vemos em momento algum Ana que agora estava com seu filho resmungando por ter que entrega-lo a obra do Senhor. Uma grande lição para nós, pois não são poucos os casos que as pessoas depois que estão transbordando de bênçãos acham aquela sua atitude meio mal pensada, que aquela quantia prometida é muito grande, afinal Deus não precisa que eu de nada a ele.
Realmente isso é uma verdade, Deus não precisa de nada para ser Deus, mas quem foi até ele pedindo algo fomos nós e não ele, e existe uma coisa da qual ele não abre mão em hipótese alguma.
Isto se chama fidelidade, ele exige que sejamos fieis ninguém é obrigado a fazer nenhum tipo de voto com o Senhor, mas já que o fez agora tem a obrigação de cumpri-lo.
A falta de fidelidade às promessas de Deus foi o que levou o povo de Deus do antigo testamento a perdição em vários momentos de sua história, toda vez que eles abandonavam sua fidelidade a Deus sempre eram dominados e escravizados por outros povos.
E se tem um principio que esta totalmente em validade em nossos dias é este, fidelidade, por mais que muitas pessoas possam imaginar que não fidelidade é algo muito prezado por Deus.
Temos sido fiéis a ele? Não precisa me responder guarde para você.
Mas Ana era totalmente fiel e cumpriu seu voto à risca sem se desviar dele um milímetro que seja e então ocorreu algo tremendamente maravilhoso.

O premio do justo e fiel.

Aquela que outrora era estéril e não tinha filhos agora veremos conforme avançarmos na leitura de 1 Samuel que Ana tem cinco filhos, é isso mesmo, não um, mas cinco, faça as contas.
Ela não tinha nenhum, orou fez um voto com o Senhor foi totalmente fiel a ele, e então o Senhor lhe concedeu um filho que foi entregue a obra do Senhor, mas como o nosso Deus não desampara os seus ele lhe deu cinco filhos.
Isso mesmo multiplicou 5 por 1 e tudo por causa da fidelidade de Ana.
Isso acontece porque ele é capaz de nos dar infinitamente mais do que pedimos pensamos ou sonhamos.

Conclusão

Por mais que alguns possam pensar que não este texto serve muito para nossas vidas, pois nunca devemos ficar fazendo votos com o Senhor que nunca pretendemos cumprir, imagino o Senhor olhando para nós falando aquele monte de asneiras somente da boca para fora, mas com o coração distante dali.
Meus queridos e amados leitores sempre que fizer um voto ao Senhor, cumpra, pois somente assim sua benção chegará, você pode ter certeza que se aquilo é realmente a vontade de Deus para sua vida vai se realizar.
Nunca esqueça do exemplo que esta mulher de Deus nos dá, se meditarmos nele sempre aprenderemos algo novo de Deus.
Quero que grave estas palavras em seu coração para sempre.
Deus nunca se esquece de uma pessoa FIEL a ele.
Ele sempre esta disposto a te abençoar se você for FIEL.
Em muitas partes da bíblia esta escrito que o justo viverá pela fé. E quem tem uma fé firme é fiel a Deus.
Quando sua vitória chegar será muito maior daquela que você estava esperando.
No mais até breve e fiquem na PAZ DO SENHOR.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...