segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Que tipo de luzes queremos ser?


Hoje nós vamos falar sobre uma parte do evangelho de Mateus no chamado sermão do monte onde o Senhor Jesus estava com a multidão ali a sua frente e conforme ele vai discursando ele vai lhe dando muitos ensinamentos através de vários exemplos, e há uma parte na qual ele diz que devemos ser luz, e uma luz que brilhe. vejamos o texto.

(Mateus 5:14) - Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
(Mateus 5:15) - Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
(Mateus 5:16) - Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.(AA)

Três versículos maravilhosos para nossa fé, se os ouvirmos atentamente, porque o Senhor Jesus esta sendo muito claro aqui, ele já inicia dizendo olha vocês são a luz do mundo, aqui ele quer nos mostrar a responsabilidade que ele estava deixando para todos aqueles os quais decidissem serem seus discípulos, serem luzes para o mundo.
Convém dizermos que isso não significa que sejamos luz por nós mesmos, nem os seus discípulos o eram, basta analisarmos a vida de cada um deles antes de conhecerem o Senhor Jesus que veremos como eles eram pessoas normais.
Entre os discípulos do Senhor Jesus, havia pescadores, coletor de impostos e vários outros tipos de pessoas e ate serem chamadas para segui-lo eram normais.
Só que a partir do momento que eles começam a andar com o mestre isso muda radicalmente, e sabe por que muda? Muda porque a luz que é Jesus começa a brilhar na vida deles, para onde eles forem, sua luz resplandece neles.
E nós estamos afim de deixarmos de ser comuns e sermos luzes para este mundo tão necessitado, que vive mergulhado em trevas e escuridão?
E é por isso que ele diz no versículo quatorze que não se pode esconder uma cidade que esta edificada sobre um alto monte, ela esta em evidencia, é grandiosa, chama a atenção das pessoas para ela, pode observar quantas cidades a beira de colinas acabam virando atração turística, por possuírem esta atração sobre as pessoas.
Assim também é Jesus, não adianta tentarmos escondê-lo porque ele atrai as pessoas para si quando elas descobrem o que ele pode fazer por suas vidas.
No versículo seguinte agora ele começa a dizer que não se deve acender uma vela e colocar ela dentro do alqueire (o alqueire era um grande vaso usado para medir cereais), ou seja, o que aconteceria nesta situação?
Aconteceria que a vela que havia sido acesa para que houvesse luz, perderia seu sentido, pois ali dentro do vaso ela não poderia clarear nada apesar de estar acesa.
Este é um alerta para nós não pegarmos a palavra de Deus viva e eficaz como ela é e tentar colocá-la em um lugar que ninguém possa ver, não podemos tentar inutilizar a palavra de Deus, alem de ser uma incoerência, também teremos que arcar com nossas responsabilidades quando o Senhor Jesus voltar para levar sua igreja para a Jerusalém celestial.
Isso é algo que precisamos meditar a cada dia, o que temos feito como a palavra de Deus que há em minha vida, meu amado irmão talvez você pode ate pensar que não é capaz, que ninguém ira ouvi-lo porque você se considera uma pessoa muito simples humilde para poder falar de Jesus, veja o exemplo dos discípulos dele também eram pessoas normais antes de terem contato com a luz que é Jesus.
Por mais simples que você se ache lembre-se que Deus não escolhe assim como os homens, ele escolhe pelo coração, pois só ele conhece nosso coração e sabe o que tem lá dentro, de bom e de ruim também, se você abriur seu coração ele pode te usar grandemente para ser um vaso escolhido para a obra do Senhor.
Pelo contrario também sei que existem muitas pessoas que conhecem a palavra, mas por possuírem certo status ficam intimidadas de falarem do amor de Jesus, muitas vezes ficam preocupadas com o que a sociedade vai pensar se as virem pregando a palavra de Deus, meus queridos, não se preocupem, pois a única coisa com a qual devemos estar preocupados é com a nossa salvação e em fazer a obra do Senhor, opositores com certeza não faltarão em nossas vidas.
O motivo por não faltar opositores quando falamos de Jesus é que ele é luz e como bem sabemos a luz revela tudo o que esta oculto nas trevas, como muitas pessoas gostam de viver nas trevas do pecado mas não gostam que isso seja revelado elas tem uma certa resistência com o nome de Jesus e sua obra salvífica.
Não se preocupe esteja tranquilo e focado em fazer o que o mestre mandou.
Agindo assim a luz será exposta a todos que estão ao redor, todos que desejarem poderão ser abençoados por ela, poderão provar de como é bom andar longe das trevas do pecado, pois como a própria palavra nos diz quem anda de dia não tropeça, mas agora que anda nas trevas ai já é bem diferente.
No ultimo versículo que lemos ele demonstra que espera de nós o seguinte:
As pessoas olhem para nós e já saibam de imediato a quem servimos, e isso não é mérito nosso, é por causa da sua palavra que habita em nós, a luz que irradiamos não é nossa essa luz é Jesus, convém que ele brilhe em nós, aqui também é um alerta para muitos servos de Deus que por causa de aplausos tem pensado que a luz que eles irradiam é luz própria deles.
Se você é um servo de Deus usado por ele não se deixe levar por conceitos humanos meu amado, pois com certeza você já deve ter ouvido muitos elogios por ter uma boa palavra, ou por ser um bom cantor, o meu conselho é o seguinte saiba que o sucesso que você faz não vem de você, mas de Jesus que habita em você.
E no final do versículo tem algo que muitos interpretam de forma errada dizendo que é pelas obras que somos salvos e não pela graça como cremos, mas note como a palavra é clara conosco.
Conforme nossa luz que na verdade não é nossa é Jesus que habita em nossas vidas brilha diante dos homens e assim eles sabem que andamos na luz e não temos comunhão com as trevas que é o pecado, isso é o que poderíamos exemplificar como o nosso testemunho de vida é através dele que as pessoas percebem que servimos a Jesus com nossa vida e tudo que há nela.
Praticar boas obras não é condição para salvação é sim uma forma recomendada pelo Senhor Jesus para demonstrarmos que servimos a ele, e como ele é luz não podemos dar sinais de trevas, mas somente da luz que vem dele.
O mais importante e maravilhoso de termos um bom testemunho a praticar boas obras é que desta forma o nome de Deus é glorificado.
Se observarmos o ministério de Jesus aqui na terra perceberemos que ele sempre agia para que o nome do Pai fosse glorificado, ele nunca fez nada que tivesse por objetivo sua exaltação acima do Pai, ele sempre colocava o pai antes, uma parte que nos mostra isso claramente é na ressurreição de Lazaro que antes de mandá-lo sair para fora orou e rendeu graças ao Pai.
Talvez esta seja uma das partes que mais negligenciamos, pois recebemos a palavra de Deus, ela fala conosco, mas depois disto ao invés de colocarmos ela em pratica e fazer dela luz para todos os povos queremos guardá-la somente para nós, como um tesouro que ganhamos e não desejamos repartir com mais ninguém.
Realmente a palavra de Deus é um tesouro, mas ela é um tesouro que deve ser partilhado,pois se guardarmos para nós não cumprira seu propósito. Nesta situação estaremos tentado esconder uma cidade no monte ou mesmo colocar uma vela acesa no alqueire como nos disse a palavra.
Meus queridos é preciso que estejamos sensíveis ao agir de Deus para não agirmos contrariamente ao que ensina a bíblia.
Espero que este texto possa ter lançado luz sobre nossa visão sobre o que o Senhor Jesus espera de nós.
Até breve, fiquem na PAZ DO SENHOR.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...