domingo, 18 de setembro de 2011

Um homem segundo o coração de Deus. Parte 02



Um rei sem trono.

Continuando o tema que iniciamos anteriormente hoje falaremos sobre uma fase muito complicada na vida de Davi, pois agora ele era famoso, pois havia derrotado um gigante e como prêmio havia ganhado a mão da filha do rei, isenção de impostos para toda a sua família e havia ganhado também muitas riquezas.
Mas como muito sucesso sempre desperta muita inveja, cobiça e toda sorte de gente ruim, se você ainda não sabe, aprenda isso, o mundo não quer ver o seu sucesso, eles querem ver o seu fracasso, sua queda, quando Davi entra em Jerusalém aplaudido e aclamado pelo povo aquilo mexe profundamente com o rei Saul o inimigo que já havia instalado bases em sua vida tomou seu coração de ódio e inveja agora.
Ele nem se quer conseguia ficar feliz pela vitória apenas conseguia ficar irritado por não ser o centro das atenções, o que ele não sabia é que para Deus ele já não era mais o rei, o profeta Samuel a mandado do Senhor já havia ungido Davi para ser o novo rei, e isso ainda era mantido em sigilo, aprenda outra lição meu amado quando Deus te der uma vitória, muitas vezes você precisa aprender a manter ela em segredo ate que se realize, pois se vier a publico antes da hora certa você pode perdê-la.
Se Saul soubesse que Davi já era o novo rei ungido ele já o teria matado.
Aqui começa a parte que muitas pessoas não conseguiriam suportar de forma alguma, pois como explicar ter uma benção e não poder tomar posse dela?Humanamente impossível, mas Deus não trabalha como o homem trabalha, ele conhece os corações, o homem olha apenas o exterior.
Deste momento em diante Saul começa a procurar um jeito de matar Davi, mas Davi consegue um aliado dentro do próprio palácio é o filho de Saul, Jonatas, ele faz de tudo o que pode para proteger seu amigo da ira de seu pai, isso me lembra uma passagem bíblica que diz que tem amigos que são muito mais que irmãos, aprendam outra lição, todos nós precisamos de amigos fieis dispostos a nos defender quando vier à tribulação, eu tenho os meus e hoje sei que nos momentos mais difíceis que passei eles estavam ao meu lado, simplesmente para me ajudar, sem querer saber quem estava certo, amigo verdadeiro é isso apenas apoiar e ouvir, não se preocupar com julgar, e foi o que Jonatas fez por Davi, defendeu ele da ira de Saul.
A situação fica tão insustentável que Davi é obrigado a fugir da presença do rei para não ser morto, foge para o deserto para viver escondido.
E longe de familiares e amigos ele aprende que é preciso fazer alianças e quando esta para ser executado ele é obrigado a se fazer de louco para poder poupar a sua vida, e ainda tem gente que fica tentando querer explicar como Deus pode ou não agir, Davi é o maior exemplo que para Deus cada situação merece um tratamento especifico.
E assim começa a caçada de Saul contra Davi e ele vai fugindo de um canto para outro, se refugiando aqui e ali, porque ele sabe que mesmo que ele tivesse chance ele não poderia matar Saul, porque apesar de rebelde ele era um ungido do Senhor.
Sabe o que vejo aqui, vejo o perigo que muitas pessoas estão correndo hoje em dia perseguindo homens de Deus, ungidos do Senhor e por causa de picuinhas se colocam a perseguir pastores e lideres olha o alerta ai, tome cuidado meu irmão, ninguém pode levantar a mão contra um ungido do Senhor e permanecer impune.
Mas Davi não desiste nunca, pois mesmo fugindo pelo deserto ele começa a reunir um exercito, quantos hoje se recebessem uma promessa e ela demorasse a se cumprir coitado do profeta de Deus que foi o vaso usado para entregar a profecia, tava frito na língua do povo, o nome mais bonito que iria ouvir seria falso profeta.
Mas como Davi era um adorador, um homem que sempre confiou nas promessas do Senhor ele nunca se abatia, sempre caminhava em frente, vencia uma batalha de cada vez e seguia em frente , quando a situação apertava muito sabe o que ele fazia?
Ele cantava, orava, compunha salmos para louvar o Senhor. E ai eu te pergunto quando a situação fica difícil o que você faz?
Canta, louva, ora ou simplesmente reclama e blasfema, tome cuidado com a blasfêmia meu amado, pois ela impede a entrada no céu.
Davi por varias vezes se reconcilia com Saul, e também por varias vezes o rei Saul quebra o acordo e na primeira chance que tem volta a perseguir Davi.
Isso nos mostra que para um servo do Deus altíssimo perdão tem que ser algo diário, tem que ser praticado a cada dia, quantas vezes já ouvi a seguinte expressão, não vou dar outra chance porque já dei uma e chega já ta bom, um pensamento deste não pode nunca vir de Deus, pois ele sempre esta disposto a nos perdoar, não importa o quão atolado no pecado estejamos.
E este clima de guerra entre os dois permanece ate a morte do rei Saul, mas Deus é com Davi, ele é o escolhido do Senhor para cuidar do seu povo e não há ninguém que possa mudar isso, pois (Números 23:19) -  Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?(AA)
Conforme ele determinou vai se realizar.

Lições que nos ensinou esta parte.
- tome cuidado o sucesso que a benção de Deus produz em sua vida causa muita inveja.
- tem muitas bênçãos que Deus nos dá que precisam ficar em segredo ate o momento certo.
- todos nós precisamos de amigos fieis para estar junto conosco nos momentos difíceis.
- só porque as promessas do Senhor estão demorando pra se cumprir não podemos esmorecer.
- no momento da dificuldade ao invés de resmungar ou tentar descontar nos outros é melhor adorar o Senhor.
- ainda que você seja obrigado a se reconciliar mais de uma vez e a cada vez a paz seja quebrada pela outra parte, sempre esteja disposto a se reconciliar novamente.
- e o principal dessa parte não importa o que aconteça quando a promessa vem de Deus ela vai se cumprir, pois quem prometeu foi o Senhor e ele não volta atrás.

Continua...
Até breve fiquem na PAZ DO SENHOR.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...