segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Uma entrevista com um crente do século 21



Um ato para refletir

Decide usar um texto que li estes dias na internet porque me chamou muito a atenção e como estamos em um novo ano época de propósitos, promessas e todas aquelas coisas que estamos acostumados ver em inicio de ano.
É um texto para meditarmos antes de iniciarmos mais um ano, pois infelizmente temos visto a igreja do Senhor Jesus ser invadida por conceitos humanos, ao invés de influenciar o mundo ela tem sido cada vez mais secularizada e quando alguém resolve erguer a voz para alertar o que esta acontecendo, para aonde nosso povo esta indo nem sempre é bem compreendido.
Principalmente as lideranças precisam, refletir o que esta havendo, será que vale mesmo qualquer coisa para ter uma igreja cheia, platéia lotada?
Será que mais importante que quantidade não é termos dentro de nossas igrejas pessoas realmente salvas, cristãos compromissados e comprometidos.
Sei que alguns dirão que o importante é levar a pessoa para igreja e concordo que realmente precisamos levar as pessoas a igreja, mas uma vez que elas estiverem precisamos pregar um evangelho verdadeiro.
De nada adianta ficarmos apenas acariciando o Ego das pessoas e quando elas morrerem irem parar no inferno.
Não pensem que se trata de uma palavra dura, mas sim uma reflexão sobre para onde estamos caminhando.
Peço a todos os amados irmãos que estão lendo este texto para que oremos por nosso lideres para que consigam guiar o povo de Deus ao que realmente importa que é a salvação, ter bens é bom, ter saúde é muito melhor, mas nenhum dos dois se compara a poder ter a certeza de ser um salvo.
Abaixo esta o texto que falei no inicio leia e tire suas conclusões.


ENTREVISTANDO UM CRENTE DO SÉCULO 21

Como anda a sua comunhão?
Crente: Comunhão? Eu não preciso estar em contato com outros salvos pra ser salvo, já que salvação é individual, pelo menos foi o que eu sempre ouvi dizer. Os outros que se virem para serem salvos também, afinal, Deus deu uma vida pra cada um pra que qual tome conta da sua. Eu não tenho nada com os problemas de ninguém. Cada um é que peça ajuda a Deus por si mesmo.

E o que você pensa sobre suportar os irmãos em amor?
Crente: Suportar os irmãozinhos da igreja em amor? Deus é que tem a obrigação de suportá-los. Eu já tenho que aturar muita gente e não tenho paciência nenhuma. Passo a semana todinha gastando a minha paciência e no domingo tenho que aturar mais gente chata? Tô fora!

O que você entende por talento e como costuma usá-lo?
Crente: O que é que tem os meus talentos? Deus me deu pra usar em meu proveito, para eu conseguir ganhar dinheiro e ter sucesso, fama, reconhecimento. Como assim usá-los em favor do Reino? Eu quero é ganhar dinheiro e ser feliz sendo reconhecido no mercado com aquilo que faço de melhor. E eu vou conseguir. Trabalhar na igreja é perder tempo.

Por que você vai à igreja, então?
Crente: Por que vou à igreja? Bem, eu vou à igreja porque é um lugar onde me sinto bem. Lá ouço palavras de conforto que fazem bem ao meu ego. As músicas são legais, dá até pra pular, bater palma, sorrir, e isso me faz bem, já que elas têm uma mensagem que sempre me exaltam e dizem que eu sou vencedor, campeão – e quem não gosta de se sentir um campeão? E também, o que eu estaria fazendo em casa? Não tem nada pra ver na TV. Quer dizer, até tem, mas já encheu a paciência. É melhor estar num lugar que faça bem pro meu ego. Além disso, preciso estar lá, afinal, já que eu pago o dízimo, preciso usufruir de alguma coisa, pelo menos.

E se eu te perguntasse sobre o que você menos gosta na sua igreja?
Crente: Ah, de tudo mesmo, o mais difícil de aturar é a convivência com as pessoas. Eu não suporto gente, ainda mais gente chata. Lá na igreja todo mundo fica preocupado com a minha vida, e isso me irrita.

Com que frequência você lê a Bíblia?
Crente: Bem, eu não tenho muito tempo pra ler a Bíblia, mas todo domingo no início do culto eu leio a Bíblia no projetor lá da igreja. Sinceramente, eu não entendo nada. Prefiro meu pastor falando. Ele sabe extrair muitas lições para conquistarmos nossa vitória através dos textos. Na semana passada ele falou sobre “Os 7 passos de Balaão para a vitória”. Gostei muito!

Alguma consideração final?
Crente: Ah, tem outra coisa que eu esqueci de dizer, o pastor sempre traz uma palavra inteligente. Os temas dos sermões dele são sempre voltados pra mim. Adorei uma mensagem que ele pregou sobre “7 passos para conquistar o impossível”! Um tema bem parecido com um livro de auto-ajuda que li uma vez. Bom mesmo. O legal é que não tenho necessidade nenhuma de pensar, porque meu pastor pensa por mim, ele é mais que um líder, é um pai pra nós. Tem sempre um decreto pra minha vida e eu sei que serei abençoado se seguir tudo o que ele diz.


Bom ai esta o texto que falei que cada um chegue a sua própria conclusão, e o meu conselho é que sejamos assim como a igreja de Bereia que o apostolo diz em uma de suas cartas que ela é mais nobre que as outras por sempre usar a bíblia para convalidar as palavras pregadas pelos irmãos.
Se atentarmos para este conselho com certeza conseguiremos diminuir bastante situações assim, pessoas iguais ao estereótipo citado acima.
Pode ate ter alguns que riam e achem engraçada tal situação, mas se existe uma pessoa assim só existe porque existe alguém que prega tal coisa, pensem nisso.
No mais fiquem na Paz do Senhor e até breve.
Antes que eu esqueça esta no ar o blog de leitura bíblica passe por e nos ajudem a incentivar as pessoas a tornar um hábito diário a leitura da bíblia.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...